River Raid é um dos títulos mais clássicos de videogame. Quem nasceu nas décadas de 70 e 80, com certeza, já se deparou com esse jogo nos primórdios do Atari.

Divertido, River Raid tem muito mais para mostrar do que apenas alguns macetes ou um jogo que nunca acaba. vamos conhecer um pouco mais sobre esse clássico.

Jogo River Raid

River Raid é o nome dado para a missão que o jogo. Na missão, você “pilota” um avião que desce um rio. Na missão, você deve quebrar o bloqueio inimigo e explodir as pontes para deter os avanços das tropas inimigas.

O cenário é uma hidrovia em constante mudança e sempre desafiadora. Espere enormes ilhas, canais estreitos e baías traiçoeiras repletas de helicópteros, petroleiros e jatos inimigos.

Seu jato de assalto B1 StratoWing Assault foi adaptado com mísseis guiados rápidos e sofisticados. Você deve acelerar, reduzir a velocidade, desviar, e atirar nos inimigos, parando periodicamente nos depósitos de combustível para reabastecer.

Fatos e elementos do jogo River Raid

River Raid foi um jogo de tiro desenvolvido pela Activision para o Atari. Hoje, a Activision é conhecida pela série Call Of Duty. Mas há muito mais sobre o jogo.

O jogo também foi feito para Atari 5200, Intellivision e Atari 8-bit, sendo um dos títulos mais populares da plataforma, inclusive.

Uma sequência foi criada por um programador diferente, mas ainda tem jogabilidade semelhante. O jogo é mais difícil que o primeiro, para o terror daqueles que passaram poucas fases.

O jogo é visto de uma perspectiva de cima para baixo, como o jogador voando um jato de combate que vai “subindo” na tela, ao longo de uma hidrovia com vários elementos.

Neste jogo de tiro, quase não há fogo inimigo. O jato também só pode se mover para a esquerda e para a direita, não para cima e para baixo. Os desafios estão em desviar dos inimigos e obstáculos que aparecem, além de não deixar seu combustível acabar.

Jogo River Raid

River Raid é um clássico, e dicas e fatos podem tornar esse jogo ainda mais interessante para sua diversão. (Foto: YouTube)

Curiosidades sobre River Raid

Este jogo baseia-se na “geração aleatória de números”, na esperança de tornar os movimentos do inimigo imprevisíveis, uma vez que o mundo dos jogos surge sempre que o jogo é jogado. Isso atrapalha aqueles que acham que vão encontrar o mesmo jogo todas as vezes, apesar dos padrões poderem ser analisados.

Curiosamente e mesmo sem ter nada demais, River Raid foi o primeiro videogame a ser proibido para menores na Alemanha. Anos depois, o jogo foi republicado para o PlayStation 2 no compilado “Activision Anthology”. Foi classificado como livre para todas as idades. Os tempos realmente mudam. Imagine se os legisladores alemães conhecessem os jogos de hoje naquela época? GTA então, nem pensar!

Em 2010, o jogo também foi republicado para o Game Room da Microsoft, se tornando mais um dos títulos. No mesmo ano, uma sequência intitulada River Raid 2 foi lançada, com gráficos consideravelmente melhores, mas todos os elementos clássicos de jogabilidade. Inclusive, muitas pessoas já fizeram MODs do jogo com gráficos modernos.

Talvez o fato mais importante de todos é que o jogo foi feito por Carol Shaw, uma das primeiras designers de videogames do sexo feminino. Ela abriu o mercado para mutas desenvolvedoras no mercado de hoje e claro, espaço para as jogadoras e gamers de hoje.

E aí, o que acham de River Raid? Quais outros clássicos do Atari vocês gostam?